Home | Mapa web | Contact |
Notícias e Eventos | Notícias | Detalhe da Notícia

A internet das coisas, rumo ao monitoramento total das máquinas

Alberto Martinez

Alberto Martínez, diretor geral da Lantek

Uma mensagem no celular alerta o agricultor de que sua plantação de batatas precisa de água; ao médico, de que um de seus pacientes na UTI está tendo um ataque cardíaco; ao responsável da fábrica, que uma de suas máquinas precisa de manutenção por desgaste, etc. São exemplos do que se começa a poder fazer com a chamada Internet das Coisas ou Internet of Things, conhecida com o acrônimo em inglês IoT.

Esta expressão tecnológica propõe conectar e comunicar milhares de dispositivos à Internet, de tal forma que o ambiente físico se une ao digital (sistemas ciber-físicos). Suas aplicações são enormes, algumas ainda inimagináveis. Nos próximos três anos, segundo a consultoria tecnológica Gartner, teremos cerca de 21 bilhões de aparelhos conectados à Internet, e as empresas estão se dispondo a investir cerca de 250 bilhões de dólares ao ano na Internet das Coisas, segundo o Boston Consulting Group. O objetivo final, não é outro que, tornar mais fácil nossa vida, tanto no âmbito profissional como no pessoal, proporcionando importantes benefícios para nossas empresas.

A conexão entre esses dois mundos (físico e digital) é feita através de uma infinidade de sensores instalados em muitos objetos e máquinas, que transmitem em tempo real imensas quantidades de dados. Estas informações devem ser armazenadas (Big Data), processadas e analisadas com softwares potentes que serão capazes, em alguns casos, de executar ações de forma automatizada, ou simplesmente de ajudar profissionais, que recebem as informações em seus computadores, tablets e celulares a tomar decisões importantes para seus negócios e/ou sua vida.

O novo universo IoT está composto por objetos conectados, dados, software e pessoas. O resultado é uma troca radical da forma de trabalhar, otimizando as operações e alcançando um novo estado de eficiência e também em nossa vida, fazendo com que nossas decisões sobre qualquer aspecto sejam muito mais acertadas e muito mais baseadas em informações reais.

Para que um ecossistema seja considerado IoT deve cumprir a Regra dos três As. Que são:

1.- Aware (Ciente): um dispositivo conectado tem que ser capaz de medir algo. Seja tempo, umidade, temperatura, espaço, luz...

2.- Autonomous (Autônomo): Ante qualquer eventualidade, os dados processados devem ser enviados de forma automática a outro dispositivo para que sejam analisados.

3.- Actionable (Acionável): Essa recopilação de dados deve traduzir-se em soluções e decisões aplicadas a qualquer processo da atividade.

Tendo em conta tudo o que foi dito, os benefícios da IoT para a empresa se mostram espetaculares. Alguns exemplos de seu uso podem ser:

- O cruzamento de dados oferece enormes possibilidades de predição, de tal forma que a produção se adaptará de forma automática à demanda, poupando custos.

- Decisões serão tomadas de uma forma muito mais rápida e eficiente, em muitos casos, inclusive de forma autônoma.

- O armazenamento e rápido processamento de dados permite prevenir avarias e, o que é melhor, evitá-las, otimizando a manutenção e melhorando o rendimento das máquinas.

- Pode-se intuir o nascimento de novos modelos de negócio, de novos serviços e, por fim, um novo impulso na economia.

São, como vemos, soluções mais inteligentes que oferecem respostas previsíveis, rápidas e eficientes, e que se traduzem em maior rentabilidade para a empresa e melhores resultados para o cliente.

Porém, a digitalização implica uma nova cultura de trabalho e esquivar-se de algumas barreiras de adequação aos padrões industriais que, pouco a pouco, vão se resolvendo conforme as empresas vão se transformando digitalmente. A comunicação e total colaboração entre empresas é indispensável para enfrentar esse desafio. Se o seu negócio não tem o tamanho suficiente para liderar este processo, é necessário unir-se a empresas impulsionadoras que saibam como ajudar.

Como vemos, a IoT transformará empresas e sociedades, abrindo uma nova era de crescimento econômico e competitividade. Um futuro não muito distante no qual a intersecção de pessoas, dados e máquinas inteligentes terá um impacto de longo alcance sobre a produtividade e a eficiência da indústria.

Sobre a Lantek

Lantek é uma multinacional líder mundial em desenvolvimento e comercialização de soluções de software para a indústria de metal e o setor da máquina-ferramenta. A capacidade de inovação e decisão aposta pela internacionalização e os mercados emergentes, levaram a Lantek, fundada em 1986 no País Vasco e com escritórios centrais em Vitoria-Gasteiz (Espanha), a converter-se no referente mundial da indústria com suas soluções CAD/CAM/MES/ERP. Atualmente, a empresa tem mais de 13.000 clientes em mais de 100 países, e sedes próprias em 15 países, bem como uma extensa rede de distribuidores com presença no mundo todo.

Para mais informação, por favor visite: www.lanteksms.com ou peça mais pormenores em: marketing@lanteksms.com

Setembro 2017
Boletim
Lantek Link
CAD/CAM, Eventos, novidades, aplicações...
CASOS DE SUCESSO:

Acrílicos Santa Clara

Laser
Sector: Sinais, Iluminação, Equipamentos

.pdf Descargar documento
    (PDF 760.09 Kb.)
 
Lantek Sheet Metal Solutions - Thinking Metal Software Solutions
www.lanteksms.com
© Lantek . Sheet Metal Solutions . Aviso legal
Desarrollado por Veiss