Home | Mapa web | Contact |
Notícias e Eventos | Notícias | Detalhe da Notícia

Roteiro para digitalizar sua planta

Roteiro para digitalizar sua planta

Conferências, fóruns, artigos... Seja qual for o espaço, em todos eles se fala vez ou outra, sobre os benefícios de digitalizar uma fábrica. Queremos ser mais produtivos, mais eficientes em custos, geradores de emprego de qualidade; tudo isso é formidável, mas... Como traduzo isso ao meu negócio? Como implementar em minha planta? Devo comprar robôs? Devo colocar sensores por toda a parte? Não é necessário analisar todas as novas tecnologias. O importante é ver tudo de forma conjunta e como isso impacta em meu negócio.

Obviamente, primeiro temos que entender que a transformação digital não é um objetivo, mas sim um meio de chegar mais longe. Entendendo isso, devemos desenhar um roteiro, uma estratégia digital que nos permita chegar ao ponto que desejamos atingir. Vejamos isso em cinco passos.

1.- Faça uma due diligence digital. Analise sua empresa e veja quais processos podem ser melhorados com a digitalização e quais capacitadores (Big Data, Nuvem, Análise de Dados, IoT...) podem fornecer uma vantagem competitiva sustentável no futuro. Selecione quais áreas, processos e funções podem ser mais interessantes digitalizar para seu negócio. Para isso, devemos conhecer o que a tecnologia nos oferece e saber o que podemos fazer em nosso negócio a cada momento. Nem tudo tem que ser motivo de transformação, nem ser feito de uma só vez. É mais fácil mudar se o fizermos pouco a pouco, por projetos, tanto do ponto de vista financeiro, como de pessoas.

2.- Prepare e atraia talentos. Vivemos em um momento onde é preciso estarmos constantemente atualizados com as novas tecnologias que se incorporam a nossas vidas. Essa mudança não vem unicamente de equipamentos e ferramentas disruptivos, mas é também cultural. As pessoas devem reciclar-se e as empresas devem fazer sua parte para ajudá-las. A tecnologia permite a mudança, mas são as pessoas que a provocam. Além disso, uma empresa inovadora e moderna atrai o talento das novas gerações que querem colaborar com novas ideias e modelos de trabalho.

3.- Coloque o cliente no centro. O cliente de hoje também é diferente. Ele deseja somente o que necessita, não uma “solução comum”. Ele deseja seu produto personalizado, com suas características concretas, e o quer em um dado momento, nem antes, nem depois. Talvez devemos projetar fábricas diferentes, mais modulares e com a flexibilidade necessária para adaptar-se a pedidos personalizados e às necessidades de nossos clientes, ou talvez tenhamos que projetar novos modelos de negócios que nos permitam chegar antes ou melhor a nossos clientes de hoje e do futuro.

4.- Cultura corporativa. Outra mudança importante que vem com essa Revolução Digital tem a ver com as estruturas corporativas. A forma de trabalhar impõe modelos menos hierarquizados, onde as decisões podem ser tomadas de maneira mais ágil e onde as pessoas desenvolvem toda a sua capacidade de inovação e criatividade.

5.- Co-criação. O Industria 4.0 nos traz, além disso, um novo paradigma de colaboração. Não podemos nos transformar sem a ajuda de terceiros. Devemos buscar os melhores parceiros para cada projeto e trabalhar juntos rumo à digitalização, porque a todos, incluindo empresas que influenciam o mercado, interessa andar no mesmo trem.

Tudo isso não pode ser feito sem, como mencionado no início, uma estratégia digital coerente e projetada por um profissional com experiência digital e conhecimento da indústria. Falamos de incorporar no organograma um responsável digital que, junto à administração, possa tomar as melhores decisões para fornecer inteligência à empresa.

Uma primeira abordagem de contato pode ser encontrada através de programas de ajuda a pequenas e médias empresas que estão sendo lançados em nível governamental, onde, inclusive, atribuem um consultor 4.0. Há também ferramentas de diagnóstico para medir o grau de maturidade digital de um negócio.

Em um país como o nosso, onde somente 20% da malha empresarial está digitalizada, devemos começar a trabalhar já. Sim, as mudanças sempre trazem consigo incerteza, mas devemos mudar se não quisermos ficar para trás. Essa resistência e aversão ao risco deve ser superada porque se não transformarmos digitalmente nossos negócios, não poderemos ser competitivos, não cresceremos e terminaremos fechando. Não podemos esperar os acontecimentos para ver o que a concorrência está fazendo. Temos que ser os primeiros a dar o salto e chegar à meta.

Sobre a Lantek

Lantek é uma multinacional líder mundial em desenvolvimento e comercialização de soluções de software para a indústria de metal e o setor da máquina-ferramenta. A capacidade de inovação e decisão aposta pela internacionalização e os mercados emergentes, levaram a Lantek, fundada em 1986 no País Vasco e com escritórios centrais em Vitoria-Gasteiz (Espanha), a converter-se no referente mundial da indústria com suas soluções CAD/CAM/MES/ERP. Atualmente, a empresa tem mais de 13.000 clientes em mais de 100 países, e sedes próprias em 15 países, bem como uma extensa rede de distribuidores com presença no mundo todo.

Para mais informação, por favor visite: www.lanteksms.com ou peça mais pormenores em: marketing@lanteksms.com

Dezembro 2017
Boletim
Lantek Link
CAD/CAM, Eventos, novidades, aplicações...
CASOS DE SUCESSO:

Acrílicos Santa Clara

Laser
Sector: Sinais, Iluminação, Equipamentos

.pdf Descargar documento
    (PDF 760.09 Kb.)
 
Lantek Sheet Metal Solutions - Thinking Metal Software Solutions
www.lanteksms.com
© Lantek . Sheet Metal Solutions . Aviso legal
Desarrollado por Veiss